Os níveis da intimidação e diferença entre coração orgulhoso e fiel com a história de Ezequias


Versículo :2 Cr 32:1a 
NÓS vemos claramente que depois que todos viram que Ezequias era fiel a Deus começou a levantar-se contra o rei Ezequias e o povo que confiava em Deus. Vamos aprender agora algo interessante Satanás se utiliza e prova tudo aquilo que você declarou para isso se utiliza da intimidação ou afronta ( 2 Cr 32: 7,8,9 ao 17).
Essa intimidação está dividida em níveis :
1- Questiona e prova a sua fidelidade a Deus tentando abalar a sua confiança em Deus utilizando de tudo aquilo que declaraste , podendo ser diretamente ou publicamente. ( 2 Cr 32:10-11)
2- Linguagem verbal declarando suas conquistas e grandes feitos , prestando honra aos seus deuses. Principalmente quando não é uma situação que já passamos por isso quer passar incredulidade , medo e terror. ( 2 Cr 32:12-15)
3- Em suas palavras revelam soberba e orgulho.
4- Possui aliados que vem para espionar o local querendo impor medo , locusta , terror e até superioridade. Isso seria espíritos observadores que querem espionar aquilo    que Deus falou e  a sua postura em Deus. ( 2 Cr 32: 16-19). Tentam também descontrolar insultando a Deus como se fosse um deus qualquer , só que existe situações que Deus permite estas coisas para mostrar que Ele é um Deus e ai daquele que MECHE com os escolhidos do Senhor.
5- Utiliza da linguagem escrita , as cartas, que eram seladas com o anel do rei , isto é, querendo impor autoridade ( selo de manipulação) e o recurso que sempre utilizam é ir contra a autoridade de Deus desafiando o Seu poder. Sempre querem humilhar os servos de Deus , mas quando Deus age o inimigo bate em retirada.
Então, diante das ameaças do inimigo temos que orar e por as nossas guerras nas mãos de Deus ficando em silêncio ( Is 36:21) e confiar no Seu poder , descansando nEle. Sendo assim Deus age e revela que Ele é maior do que tudo e tolo é quem se levanta contra Ele. ( 2 Cr 32: 20-23)

Depois da guerra espiritual , aí que devem estar mais ligados , sóbrios , vigilantes e em extrema rendição e reconhecimento da glória de Deus. 2 Cr 32: 24-26

Com a vida do Rei Ezequias percebemos depois da vitória tremenda contra o rei da Assíria além do principado Nisroque. Ezequias não vigiou o veneno que instalado estava em Senaqueribe penetrou no coração de Ezequias, devemos estar ligados no contra-ataque das trevas, sabemos que o orgulho e a soberba apodrece a alma e ainda mais Deus diz : " Deus resiste aos soberbos , mas dá graça aos humildes".
Ezequias cegou os seus olhos nas riquezas que conquistou que Deus concedeu , principalmente a vitória sobrenatural que Deus concedeu contra a Assíria. Os babilônios o visitaram e mostrou tudo que tinha aos seus inimigos (Is 39) e seu coração ensoberbeceu por conta de todas as riquezas que havia conquistado em vida , ao invés de ter um coração grato pela cura e se recuperar no momento de debilidade , pois os babilônios o visitaram pelo milagre que Deus fez e estava em recuperação. Devemos nos alimentar na palavra e nunca deixar que Satanás entre em sua casa e veja tudo , pois com Ele não se deve brincar.
Deus o deixou para provar e ver aquilo que estava em seu coração ( 2Cr 32:31) , as riquezas estavam em seu coração : fama , a vontade de se reconhecido e sabia que Deus não gostou de sua atitude , mas mesmo assim o fez , porque quando o profeta Isaías falou de sua atitude concordou que estava errado ( Is 39:8) e não se preocupou com sua descendência e nem com seus país foi totalmente egoísta.

Amados , devemos ser vigilantes e orando em todo tempo fincados na rocha ,Jesus Cristo, sempre se revestindo da armadura de Deus e tendo o dom de discernimento. 
( 1 Tss 5). Em    todo o tempo em Espírito! PV4:23

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não despreze as profecias e os profetas

Destronando o espírito de Dalila

Alegria da salvação

Ande na contramão do mundo , Santidade ao Senhor

Os propósitos de Deus

Buscai o melhor : sabedoria , discernimento e entendimento

A bondade de Deus

As aflições da alma

Deus do Impossível