Deserto - Lugar de preparo e crescimento



“E o menino crescia e se fortalecia em espírito; e viveu no deserto, até aparecer publicamente a Israel” (Lucas 1:80).
“Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo” (Mateus 4:1).
Deserto no hebraico se chama “midbar” que pode significar “campo aberto”, “discurso”, “santuário”, “lugar onde se colocam as coisas em ordem”, relacionado ao termo “dabar” que significa “falar”, e com o termo “davar”, que significa “palavra”. Então, o deserto para o cristão é o local para santificação e colocar as coisas em ordem dentro de nós e fora de nós, especialmente, é um preparo para fazermos a nossa missão, o nosso chamado. Não tem como alguém ser enviado pelo nome do Senhor e não passar pelo deserto, pois o deserto é o local que de se santificar e colocar tudo em ordem, entretanto, isso não é algo que fazemos sozinhos, pois o deserto é o momento em que encontramos a Deus, pois ouvimos a Sua voz, a Sua direção e O conhecemos, principalmente, o poder da palavra do nosso Deus, pois com a palavra de Deus tudo vai colocando-se em ordem e através da comunhão com Ele fluímos em adoração e santificação para cada dia sermos um tabernáculo vivo e totalmente Dele.
Estar no deserto não é fácil, contudo a nossa postura e disposição no deserto é fundamental, pois aquele que não teme a comunhão com Deus, mas que decide estar com Deus e ser um santuário santificado a Ele, ou seja, dispondo o seu corpo para ser templo do Espírito Santo buscando a santificação e a amizade com Deus. E no deserto fazer um caminho ao Senhor, pois deixa que Deus rompa a Sua luz em sua vida para que enquanto Deus coloca as coisas em ordem em sua vida vai se fortalecendo o espírito, pois permite que Deus guie seus passos e administre a sua vida, sendo assim, conhece a voz do Seu amado e sabe o que está em Seu coração, então se torna a voz que clama no deserto e segue a anunciar para preparar o caminho ao Senhor, porque Ele é a luz que rompe as trevas do nosso ser e liberta-nos de toda ação maligna que tenta roubar a nossa salvação.
O deserto é local de preparo para que as coisas fiquem em ordem, pois não podemos estar de qualquer maneira para tomarmos posse daquilo que Deus tem a nós. João Batista viveu no deserto como relatado em Lucas 1:80 cresceu e se fortaleceu seu espírito no deserto para que assim aparecesse publicamente a Israel. O que isso quer dizer? João Batista cresceu e se fortaleceu no Senhor, pois deserto é local que Deus fala conosco, conhecemos a Sua voz, os Seus planos, somos tratados para que possamos estar equilibrados e vivermos não na carne, mas no Espírito. Ele deveria estar bem alicerçado com Deus, pois grande era a sua comissão e somente aquele que é escolhido do Senhor para uma grande obra passa longos tempos no deserto, não pela rebeldia, mas porque Deus está ensinando-o a se santificar, a crescer e a ser forte em Deus, para que seja preparado e corajoso, tenha intimidade com Ele e nunca volte atrás. E quem vence no deserto é aquele que entende que o deserto é tratamento do Senhor, pois o campo é aberto e larga é a escolha, e quando deixamos Deus tomar o controle da nossa vida no deserto e mesmo diante das tentações, das portas que o inimigo abre e o que oferece, permanece firme com Deus e busca a santificação. Não volta atrás, mas segue firme e forte em Deus e até que escute o comando de Deus dizendo que é agora o momento de saída do deserto e tomar posse daquilo que Ele tem a nós. O momento que chegou para anunciar tudo que Deus a falar e o que viveu no deserto preparando o caminho para Ele, aqui na Terra, até que Ele venha.

Até Cristo antes de iniciar o ministério passou pelo deserto, pois o deserto define quem somos, isto é, se somos de Deus e procuramos o caminho da santificação e da verdade de Deus ou se somos do diabo seguindo os prazeres desse mundo e o que ele oferece, sobretudo, se deixamos Deus guiar-nos ou o acaso guiar-nos, em outras palavras, se deixamos Deus ser o centro da nossa vida ou os astros, as estrelas, as mentiras de esse mundo guiar a nossa mente, vida e atitudes. Pois deserto é o momento crucial se você venderá os seus dons ou a sua vida para conseguir o que quer, mas da maneira errada por que todos que seguem o caminho contrário a Deus seguem a Satanás e caem da mesma maneira que Satanás caiu. 
Cristo passou pelo deserto e foi tentado por Satanás, nota-se que Cristo o venceu pela palavra, justamente, que deserto é local de por as coisas em ordem e de conhecer a Deus e a Sua palavra, e no deserto vencemos quando procuramos a santificação e a comunhão com Deus, e foi isso que Cristo fez, por isso, quando venceu o inimigo diante de todas as portas ou destinos que relatou a Cristo vemos que Cristo rejeitou todos os destinos que o inimigo falara, mas permaneceu firme com o destino, o plano de Deus para com Ele. E assim tem que ser o deserto para o cristão para crescer em Deus e para dizer ao inimigo o seu lugar: que é longe de você, sobretudo, debaixo dos seus pés, e o seu lugar é com Deus e cumprindo o que Deus tem a ti.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As aflições da alma

Não despreze as profecias e os profetas

Alegria da salvação

Destronando o espírito de Dalila

Os propósitos de Deus

A bondade de Deus

Deus do Impossível

Um resumo do Hino Nacional