Aliviando os fardos



Por Rebeca Magalhães

Seja lá qual for o momento que você se encontra lendo este texto. Solicito que não deixes que o ar impuro que se adquire através de circunstâncias difíceis ou de tudo aquilo que vem contra nós no dia a dia, não permita que isto impeça de absorver o que vai dito a ti. Tão sobrecarregados andamos, tão exaustivos, tão estressados, tão exauridos , tão insolúveis, tão pequenos, tão cheio de bagagens desnecessários e cansados de andar acabamos sendo acumuladores de coisas , de dores, de estresse, de ira, de problemas e sozinhos lutamos até não ter mais o que fazer , mas assim corremos para a nossa cama com o vã pensamento que tudo vai passar ao deitarmos e aquele peso vai embora enquanto dormimos ou deitamos , porém não é assim que soluciona este tipo de causa que a maioria leva a cada dia.


Externamos os nossos problemas ou não seja como uma olheira, um palavreado diferente, um jeito de ser diferente ou então nos fechamos e conversamos conosco mesmo, a tal ponto, que a nossa mente fica tão exausta de tanto pensar o motivo do qual isto ficou assim. Daí nós começamos a ligar circunstâncias com as atitudes que tomamos, logo então, inicia o processo de autodepravação, autocomiseração, baixa autoestima e por aí vai... Quando então percebemos que o chão foi perdido, as coisas estão fora do lugar dentro de nós que o exterior está tão declarado, pois então é o momento de repensar e mudar. Uma posição, uma postura, uma decisão simples, tão simples, para contornar esta situação.
Cada bagagem adquirida, tanto rótulo adquirido, tanta dor de estimação e para ser livre de tudo isto, a decisão precisa e eficaz é falar com Deus, mas como assim?  Através de um desabafo com Deus, uma pequena e simples oração, mas tão sincera relatando o seu verdadeiro eu diante de Deus, visto que, ao deixar Cristo nos assistir e atender as nossas necessidades assim compreendemos que Ele se compadece de cada uma de nossas necessidades, pois Ele vê o peso do nosso coração e Ele quer que experimentemos o seu amor , além de, receber seu fardo e jugo suave e leve , simplesmente, viver livre de tanta coisa que vem até nós como sanguessuga para sugar mesmo a nossa energia , força e vigor de viver , ao deparar com Cristo através da nossa oração percebemos que o coração fica mais manso devido não deixarmos mais que as dificuldade determinem o nosso equilíbrio e sem estresse , mais maduros, cheios de paz e humildes , pois só alguém que reconhece que precisa de ajuda e abre mão de seu orgulho para querer o agir de Deus em sua vida entende o que é ser humilde de verdade.
O resultado de tudo isto é uma vida plena e bem vivida que está em paz, pois até o nosso ar que respiramos e habitamos é puro por que aprendemos a pérola de maior valor é Cristo em nossas vidas que quando o temos isto é suficiente, visto que, todas as necessidades são supridas por Ele e Ele traz à paz ao nosso ser para vencer todas as batalhas da vida seja no dia a dia ou em toda a vida.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As aflições da alma

Não despreze as profecias e os profetas

Alegria da salvação

Destronando o espírito de Dalila

Os propósitos de Deus

A bondade de Deus

Um resumo do Hino Nacional

Deus do Impossível