A mulher samaritana " Quebrando Paradigmas"

Nas Escrituras, no capítulo 4 do evangelho de João, temos o relato sobre o encontro de
Jesus com uma mulher samaritana. A Bíblia não nos diz o nome dessa mulher, mas apenas nos informa
de sua procedência e cultura: era de Samaria. Era quase meio-dia quando essa jovem senhora se encontrou
com Jesus. Nesse horário, as outras mulheres samaritanas estariam servindo a refeição para os
familiares, arrumando a “cozinha”, ou ainda lavando a “louça”. Aquele não era um horário “normal” de
se buscar água na fonte de Jacó. Possivelmente,aquela mulher estava evitando olhares maldosos,
comentários a seu respeito e confrontos com outras mulheres da cidade. Ela carregava um vazio na
vida e buscava preenchê-lo. Porém, a forma de preenchimento que ela estava usando era totalmente errada. A mulher samaritana tentava preencher o vazio de sua vida por meio de homens, de maridos. Ela estava vivenciando o seu sexto relacionamento e não estava casada, como fizera nas outras cinco vezes. Ela se aproximava da fonte com o seu cântaro,e vinha só. O Senhor Jesus estava ali, assentado junto à fonte, como se estivesse esperando-a chegar. Ela se curvou para pegar água e então: “Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.” (v.7.) Sabemos que Jesus sempre está à beira do poço de Jacó, esperando mulheres desesperançadas, frustradas e discriminadas, para lhes trazer a verdadeira alegria de viver e para mostrar-lhes a “fonte da vida eterna”. Ela ainda não havia encontrado o verdadeiro sentido da vida, Jesus
Cristo. Porém, Jesus sabia quem ela era. Ele a
encontraria e logo a vida daquela mulher tomaria
um novo rumo. Sua sorte estava prestes a ser mudada.
Então, o dia dela chegara. Ao sair para buscar
água, encontrara não a bebida, a água para a vida,
mas a Água da Vida, Jesus! Jesus estava lá, diante da
fonte, esperando por ela. Ao encontrá-la, Ele mais
uma vez rompeu paradigmas ao conversar com ela,
pois era algo raro para cultura da época um homem
se dirigir a uma mulher desconhecida em um local
público. Sendo judeu, essa atitude era ainda mais
que rara, mas polêmico. Mas a missão de Jesus é
salvar, independente da condição social, da raça, da
cor da pele, do sexo, da cultura etc. O Salvador foi ao
encontro dessa mulher para preencher-lhe o vazio
da alma e dar-lhe o verdadeiro sentido da vida. “Dáme
de beber.” Como assim? Um judeu pedindo água
a uma samaritana? “Então, lhe disse a mulher sama13
ritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim,
que sou mulher samaritana (porque os judeus não se
dão como os samaritanos)?” (João 4.7-9.) Jesus quebrou
toda a barreira.
No capítulo 4 de João, versículo 10, Jesus disse:
“Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede:
dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água
viva.” Jesus levou essas palavras ao coração daquela
mulher. Jesus houvera dito: “Dá-me de beber”, e a
mulher lhe dissera: “Como?” Jesus respondeu (parafraseando):
“A água do poço pode matar a sua sede
apenas por um instante, pois logo você tornará a ter
sede, mas se você beber da água que eu tenho, nunca
mais terá sede”. Jesus queria mostrar a ela o contraste
entre a satisfação transitória e a satisfação eterna.
Grande fora a admiração daquela mulher. Creio que
ela deve ter pensado: “Que água era aquela a que Ele
se referia?” Ela disse para Jesus: “Senhor, dá-me dessa
água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir
aqui buscá-la.” (João 4.15.) Para que ela entendesse,
Jesus tocou no ponto nevrálgico (crítico): “Disse-lhe
Jesus: Vai, chama teu marido e vem cá.”
Jesus queria mostrar a ela a necessidade da
Água da Vida na vida do pecador. “Ao que lhe res14
pondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe
Jesus: Bem disseste, não tenho marido; porque cinco
já tiveste, e esse agora que tens não é teu marido; isto
disseste com verdade. Senhor, disse a mulher, vejo que
tu és profeta.” (João 4.16-19.) Aquela era uma mulher
que procurava preencher o vazio existencial
trocando de marido. Mas a história de vida dela
pode ser a história de muitas pessoas nos dias de
hoje. Essa narrativa não é algo fictício, um conto
de algum livro. Não! O vazio era real. A mulher
também. E o ser humano não mudou. Continua o
mesmo, necessitando preencher o grande buraco
em sua vida. Continua sentindo sede pela Água
da Vida, Cristo Jesus! Mas o melhor de tudo é que
Jesus também é o mesmo. E o que Ele mais quer é
ser o sentido da vida para aqueles que ainda não
o conhecem. Quantas pessoas vivem trocando de
marido, de esposa, de casa, de cidade, de emprego,
ou seja, vivem em busca de algo para preencher o
vazio da existência? Pessoas que não conseguem
perceber que a busca desenfreada por prazeres
passageiros não preenche o vazio do coração. Por
isso, Jesus disse: “Mulher, se tu soubesses quem é que
está te pedindo: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele
te daria água viva. Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não
tens com que tirar e o poço é fundo; onde, pois tens a
água viva?” (João 4.10-11.) Jesus é a água, a fonte a
jorrar, e “aquele que dele beber nunca mais terá sede”
(João 4.14).
O ser humano tem sede de Deus, ainda que ele
não consiga traduzir isso em palavras. Existe essa
sede dentro da alma humana, a sede pelo sobrenatural,
a sede pelo divino. A sede do ser humano existe
porque ele carrega a marca de Deus na vida, logo,
enquanto a vida da pessoa não entrar em sintonia
com a vida de Deus, o vazio continuará existindo,
e não vai adiantar continuar correndo. Haverá um
momento no qual a pessoa terá que parar.
Saiba que se você é uma dessas pessoas que
anda correndo de um lado para o outro na ilusão
de que algo ou alguém possa dar sentido à sua
vida, você está perdendo tempo. Imagens, pessoas,
dinheiro, carros, mulheres, homens, títulos, nada
disso poderá matar a sua “sede”. E também nenhuma
religião preencherá o vazio. Se você pensa que
mudar de igreja trará alguma mudança, eu lhe afirmo
que não. Você precisa ter a compreensão de
que só Jesus pode preencher o vazio que existe em
16
seu coração. Nenhuma doutrina, nenhuma religião,
nem bens materiais ou qualquer outra coisa jamais
poderá preencher o grande vazio da vida. Só Jesus
Cristo e nada mais o pode fazer. E Ele diz a você agora:
“Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele,
porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais
terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será
nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.” (v.14.) Ou
seja, quando a pessoa compreende que necessita
somente de Jesus, a vida dela é transformada. Ela
passa a ter dentro de si uma fonte que jorra para
vida. A vida que o próprio Senhor disse: “Eu vim para
que tenham vida, e a tenham em abundância.” (João10.10.)
Em seu diálogo, revelando-se como o “Messias
Prometido”, o “Filho de Deus”, Jesus não recriminou
e desprezou aquela mulher. Ao pedir-lhe para chamar
o marido, Jesus sabia que ela estava vivendo
ilegalmente com o companheiro, mas ofereceu-lhe
uma vida nova. Uma nova oportunidade. Um recomeço.Jesus também lhe entregou uma missão:a de anunciar que Ele era o Salvador, o “Messias”. E ela aceitou o desafio. E se tornou, ao meu ver, a primeira
missionária do Cristianismo a anunciar entre os samaritanos de sua cidade a “boa-nova” do evangelho.
Ali estava aquele que a perdoara, mostrara o
caminho e, ao invés de maldição pelo seu pecado,
Ele lhe ofereceu “água viva” para toda a eternidade.
Precioso leitor, eu não conheço você, mas sei
que Jesus o conhece, e o conhece muito bem. Sei
também que Ele o ama. Pode ser que você esteja
vivendo como essa mulher, procurando, de todas asmaneiras, preencher o vazio que corrói a cada dia a
sua vida. Porém, ainda não obteve êxito, e ele está
aí, cada vez mais forte. Se esse é também o seu caso,
quero lhe dizer que esse é o momento que você
deve parar, meditar e dar uma guinada em sua vida.
Só que para mudar há uma condição: você precisa
escolher, pois tudo na vida é uma escolha. Você
pode continuar com esse vazio em sua vida, ou vêlo
preenchido pelo Senhor. Se, num ato de fé, você
convidar Jesus para entrar em sua vida, Ele entrará
e nunca mais sairá. O perdão será uma realidade, a
paz será o acontecimento mais glorioso que você
experimentará. É algo tão diferente! A nossa vida
é marcada pelos recomeços. Eu oro para que hoje
esse recomeço aconteça em sua vida! Agora.

Veja o vídeo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As aflições da alma

Alegria da salvação

Não despreze as profecias e os profetas

Os propósitos de Deus

Destronando o espírito de Dalila

A bondade de Deus

Um resumo do Hino Nacional

Deus do Impossível