Vinho Novo & Odres Novos


Deus quer nos levar a um novo nível de glória e em um novo nível de glória não se pode ficar com velhas estruturas, assim como vinho novo é deitado em odres novos.Deus fez, Deus trabalhou, Deus lapidou, Deus usou, Deus ornamentou, mas aquela unção venceu o prazo, esgotou, Deus tem uma nova unção para você. Deus tem um novo vinho para você, mas não se pode por vinho o vinho novo com o vinho velho, primeiro tem que se esvaziar o velho e neste processo você se sente vazio, oco, sem sentido, tem que esvaziar e nem pode por o vinho novo em odres velhos. É o vinho e os odres.O silêncio de Deus é o tempo
em que Deus está formando em nós uma nova estrutura para derramar uma nova unção.Lucas 5:36-39.O que é quebrar o vaso?É ninguém te reconhecer, esquecerem de você, e passarem por você e não te virem.A Bíblia nos ensina não só a receber vinho novo, mas a prepararmos odres novos.Um vinho fino com grau certo de fermentação pode estourar um odre velho. É o princípio da vida; do fermento, dos pequenos começos com grandes promessas.Uma renovação radical significa retorno para os princípios básicos, voltar à raiz. Pedir, aviva oh Senhor a Sua obra no meio dos anos, no meio dos anos às notifica, é dizer: Senhor estamos esgotados do vinho velho, queremos vinho novo, queremos avivamento; Renovação radical é tão poderosa que pode colocar o mundo novamente de cabeça para cima.Só se o vinho for real. Renovação radical é a maior necessidade da igreja hoje, devemos voltar as raízes e redescobrir o vinho do evangelho. E isso significa lançar um olhar renovado para os odres.Precisamos repensar na estrutura e na missão da igreja.VINHO E ODRES ? ODRES E VINHO.Existe aquilo que é novo, poderoso e essencial ? o evangelho de Jesus Cristo, foi por Deus, o caso da uva que produz o vinho.Existe aquilo que é secundário, são feito por mãos humanas ? odres ? tradições, estruturas e padrões de conduta e ação da igreja.O vinho novo deve ser posto em odres novos, o velho judaísmo não poderia conter o vinho novo de Cristo, a fé crista teria de crescer e romper os odres velhos do judaísmo.Eis que as coisas velhas já passaram ….Odres não são eternos, há uma necessidade de odres novos, e além de não serem eternos, não são sagrados. À medida em que o tempo passa, eles precisam ser substituídos ? não porque o evangelho muda, mas porque o próprio evangelho exige e produz mudanças. Se abra para o novo de Deus, Vinho novo deve ser posto em odres novos, não de uma vez por todas, mas repetidamente e periodicamente, é necessária atualização dos odres.Vinho novo a igreja precisa construir estruturas novas, ou seja odres novos para o séculos em que vivemos, devemos tratar de uma renovação radical dos odres.O mundo não se interessa mais por odres velhos, uma igreja que não vive um evangelho vivo, que não faz a diferença não desperta interesse do mundo.As igrejas precisam apresentar Jesus e não um cristianismo antiquado e adulterado. Muitas igrejas tentam fermentar um vinho novo em vez de jogar fora os odres velhos.Para um evangelho radical bíblico precisamos de uma igreja radical bíblica. Para um vinho sempre novo devemos ter continuamente odres novos.Na questão do casamento, não deixe que caia na rotina, você tem que mudar para o novo de Deus, e para mudar para o novo de Deus, para receber o novo de Deus, você tem que descartar as brigas antigas, as mágoas antigas que foram deixando o odre velho, Deus tem vinho novo, e o vinho novo é muito melhor do que o que acabou, Jesus disse enchei deles as talhas de águas, e os serviu como vinho.Na questão da igreja, do ministério, nós muitas vezes bloqueamos o crescimento e o derramar do vinho novo.O que Deus tem pra fazer com você é inédito, é algo novo, e grande, o Senhor vai te surpreender. Voltemos para v.37.Muitos não querem, não gostam, acham melhor ficar com o antigo, mas nunca sai da direção de Deus, do que Deus tem de melhor.Tem pessoas que vivem pulando de igreja em igreja porque todas as vezes que chega a um ponto de jogar os odres velhos e receber o novo ficam presos a estrutura, não quer, o Senhor está abençoando, está honrando, mas quer ficar com o velho, ou então prefere ir para outro lugar e começar tudo de novo até chegar ao nível onde está acostumado, do que batalhar para esta nova estrutura e crescer com o vinho novo, prefere recomeçar do que pagar o preço de progredir.
E muitas vidas são assim no seu chamado, na empresa, Deus abre as portas, traz as propostas para uma promoção, mas não se acha capaz, porque não está disposto ao vinho novo, ter que investir, ter que aprender, se abrir para o que Deus têm, prefere recomeçar do que ter que jogar os odres velhos fora, e receber o odre novo, para ter o vinho novo que é muito melhor, não tem do que se comparar com o presente.

Comentários

  1. Sou o Pastor William Thompson e acabei de assinar para seguir o seu blog. Gostei das suas postagens. Tenho um blog tbm: pastor thompson adorador extravagante, se quiser passe por lá e assine tbm!
    Shalom Adonai!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As aflições da alma

Não despreze as profecias e os profetas

Alegria da salvação

Destronando o espírito de Dalila

Os propósitos de Deus

A bondade de Deus

Deus do Impossível

Um resumo do Hino Nacional